Domingo, 26 de Junho de 2022
29°

Muitas nuvens

Boa Vista - RR

Política DIRETO DA MACUXILAND

O imbróglio dos precatórios do Sinter. E surge um novo partido no Brasil

Depois de um descanso merecido, o Direto da Macuxiland está de volta para sua segunda temporada num momento cheio de acontecimentos instigantes

03/07/2021 às 11h09 Atualizada em 03/07/2021 às 11h18
Por: Luiz Valério Fonte: Blog do Luiz Valério
Compartilhe:
O imbróglio dos precatórios do Sinter. E surge um novo partido no Brasil

Olá, macuxilanders, estamos de volta com o nosso podcast de política. Depois de um descanso merecido, o Direto da Macuxiland está de volta para sua segunda temporada. E nós voltamos num período de bastante efervescência política local. A campanha de 2022 já foi deflagrada por antecipação. A ex-prefeita Teresa está em campo, percorrendo todo o interior, em busca de conquistar adesões para sua pretensão de se eleger governadora de Roraima. Por sua vez, o governador Antônio Denarium tem trabalhado como nenhum outro governador até aqui em busca de convencer o eleitorado de que ele merece mais quatro anos no Palácio Senador Hélio Campos.

Nesse cenário, Roraima assiste ao surgimento de mais uma sigla partidária no País: o União Popular pelo Socialismo, que nasceu dos movimentos populares e que surge sem ligação umbilical com nenhum outro partido, desembarca por aqui, nesta Terra Macuxi. Raquel Brício, representante do UP na Região Norte, afirma na entrevista deste episódio (o personagem da semana) que o partido não é feito de sobras de outros partidos que se esfacelaram. O UP, diz ela, é feito de pessoas indignadas com o atual estado das coisas, que se uniram para criar um partido, cuja entrada dos novos adeptos se dá de forma orgânica. Um partido sem dono e sem caciques da velha política. Confira a instigante entrevista que fizemos com essa jovem ativista política, mulher ribeirinha e empoderada.

Neste episódio também destacamos o imbróglio dos precatórios do Sinter, um assunto que dominou a pauta dos jornais e sites de notícia na última semana. Afinal, 375 técnicos em educação foram excluídos da divisão do bolo de mais de R$ 600 milhões de reais. E sobraram acusações de servidores contra o Sinter (o sindicato da categoria) e deste contra representantes de servidores sobre a quem cabe a culpa pela não inserção dessas quase quatro centenas de trabalhadores no recebimento do dinheiro dos precatórios.

Por fim, ainda também tratamos sobre a confirmação, pelo governador Antônio Denarium (sem partido), da realização do concurso público para a contratação de 650 professores para a Educação Básica, com salário de mais de R$ 1.700,00. Este é o melhor salário médio pago a professores no Brasil, conforme o governador Antônio. Aliás, Denarium (o equivalente a dinheiro, em latim) não quer mais ser chamado de Denarium. Agora, ele é Antônio, o homem do povo.

Aperta o play e confere o primeiro episódio da segunda temporada do Podcast Direto ao Ponto.

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias