Sexta, 20 de Maio de 2022
25°

Muitas nuvens

Boa Vista - RR

Política GOVERNO SEM PARAR

Ação atente mais de 600 pessoas na Comunidade Campo Alegre

Além das consultas médicas, a população contou com a oferta de vacinas e de testes para detecção de doenças

14/05/2022 às 15h20
Por: Luiz Valério Fonte: Secom GovRR
Compartilhe:
Foram prestados vários serviços aos moradores da comunidade de Campo Alegre durante a ação
Foram prestados vários serviços aos moradores da comunidade de Campo Alegre durante a ação

Moradores da comunidade Campo Alegre, na zona Rural de Boa Vista, foram contemplados com ações do Governo Sem Parar, programa do Governo de Roraima que reúne uma série de serviços das Secretarias e Autarquias do Estado.

As atividades desta sexta-feira, 13, foram realizadas no período da manhã, na Escola Estadual Indígena Lino Augusto da Silva. Ao todo, foram atendidas 637 pessoas na ação.

“O Governo trouxe para comunidade, serviços de saúde como oftalmologia, dispensação de óculos para quem precisa, ginecologia, entretenimento para crianças, Defensoria Pública. Essa é uma forma de aproximação e desburocratização, facilitação do acesso à saúde e aos serviços essenciais para toda população roraimense”, detalhou a secretária de Saúde, Cecília Lorenzon.

Além das consultas médicas, a população contou com a oferta de vacinas e de testes para detecção de doenças. "Oferecemos para a população vacina contra hepatite, tríplice viral, dupla viral, testagem rápida para detecção de HIV, Sífilis, Hepatite B e C, vacina contra a covid-19, além de entrega de preservativo", declarou a técnica Geral do Núcleo de Controle de DST/HIV, Ângela Aparecida Santos.

Para a professora de História, Deronilde Pereira Melchior, de 47 anos, que mora na comunidade há 18 anos, foi importante ter a ação para atender a comunidade, principalmente por conta da oferta de teste de covid-19.

"Eu aproveitei a ação para fazer o teste da covid e também de HIV, e tentar aproveitar todos os outros serviços oferecidos gratuitamente. Só não aproveita quem não quer, já que está na porta da nossa casa”, completou.

Trabalhadora de serviços Gerais, Aline Costa Evaristo, de 36 anos, aproveitou o evento para se consultar e levar a filha de 5 anos para realizar a consulta com o pediatra.

“Fui muito bem atendida, tanto eu como minha filha, como não têm essa consulta com pediatra aqui, eu teria que descer para Boa Vista, para poder verificar o que ela tem. Mas graças a Deus, veio essa ação e abençoou a minha filha e me abençoou, e creio que está abençoando os demais da nossa comunidade e estou muito feliz por isso, pontuou.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias