Domingo, 26 de Junho de 2022
27°

Muitas nuvens

Boa Vista - RR

Política JUDICIÁRIO EM XEQUE

FAZ 226 DIAS DO VEXAME DO DINHEIRO NAS NÁDEGAS

Na verdade, muitos só querem tocar os corruptos dos outros pelos seus corruptos de estimação nos cargos de poder. Essa é a triste realidade da doente democracia brasileira

28/05/2021 às 18h12 Atualizada em 28/05/2021 às 18h29
Por: Luiz Valério Fonte: Rapidolas
Compartilhe:
Os agentes da PF encontraram dinheiro entre as nádegas de Chico Rodrigues
Os agentes da PF encontraram dinheiro entre as nádegas de Chico Rodrigues

Nesta sexta-feira (28 de maio), dia em que a Polícia Federal saiu às ruas em Sergipe para investigar desvios de recursos destinados ao combate à pandemia, completa 226 dias que foi deflagrada aqui em Roraima uma operação semelhante quando, na ocasião, os agentes da PF encontraram dinheiro escondido entre as nádegas do senador CHICO RODRIGUES (DEM-RR), então vice-líder do governo Bolsonaro no Senado. Depois de passar alguns meses afastado do mandato para fugir de punição mais severa, tudo continua igual na vida do parlamentar. Até aqui, o Senado nada disse nem foi perguntado.

 

JUSTIÇA DESACREDITADA

As decisões muitas vezes esdrúxulas e inexplicáveis da Justiça brasileira em todos as instâncias (incluindo a Eleitoral), aliada à lentidão na apreciação dos processos devido ao excesso de recursos, têm feito a credibilidade do Poder Judiciário despencar ladeira abaixo nas últimas décadas. A cassação de mandatos de políticos como o deputado estadual ODILON FILHO, por exemplo, acusado de ter fraudado documentos da Câmara Municipal de Caracaraí para ganhar condições de concorrer à reeleição em 2018, tem sido tratada com desdém por alguns dos seus seguidores.



CERTEZA DA IMPUNIDADE 1

Senão, vejamos. Um internauta que se identifica como Junior D’Alves escreveu o seguinte no comentário da notícia sobre a cassação de Odilon: “Vão ficar caducos com tantas tentativas sem sucesso e irão ver ele eleito pelo nosso estado de novo… Esse faz a diferença”. É a certeza da impunidade ou não é?!



CERTEZA DA IMPUNIDADE 2

Já a comentarista Mariline Louyse Reis mandou esse pensamento positivo para o cassado por prática de crime de falsificação de documentos: “Podem até tentar, mas não vão conseguir e [ele] vai ser deputado de novo em 2022. Avante Odilon”. São demonstrações de desdém com um Judiciário cujos membros, muitas vezes, comem na mesma mesa dos corruptos. A sociedade brasileira está seriamente doente pelo câncer da corrupção.



NÃO FALTA MOTIVOS...

Mas como acreditar numa Justiça Eleitoral que cassa o mandato de quatro deputados de um mesmo parlamento, numa mesma legislatura, por diferentes tipos de delitos eleitorais e outros mais, como é o caso de Yony Pedroso (Solidariedade), Renan Filho (Republicanos), Chico Mozart (PRP) e agora Odilon Filho e todos continuam no cargo? É bem provável que todos eles terminem o mandato, mesmo de forma ilegítima uma vez que estão cassados. Essa é o desacreditado sistema jurídico brasileiro.



HIPOCRISIA GENERALIZADA

É curioso ver movimentos de brasileiros indignados contra a corrupção quando, na verdade, muitos só querem tocar os corruptos dos outros pelos seus corruptos de estimação nos cargos de poder. Essa é a triste realidade da doente democracia brasileira.

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias