Sexta, 20 de Maio de 2022
25°

Muitas nuvens

Boa Vista - RR

Política ACERTO DE CONTAS

Governo pagará árbitros que atuaram nos Jogos Escolares 2018

“Os 62 árbitros estão recebendo o que é de direito. Prestou o serviço, é a obrigação do Estado pagar”, declarou Denarium.

24/01/2022 às 15h36
Por: Luiz Valério Fonte: Secom Governo de Roraima
Compartilhe:
Denarium se reuniu com os árbitros e anunciou o pagamento da dívida pendente com a categoria desde 2018
Denarium se reuniu com os árbitros e anunciou o pagamento da dívida pendente com a categoria desde 2018

Os 62 árbitros que atuaram nas competições nas modalidades de basquete, futsal, futebol, karatê, handebol, natação, voleibol e tênis de mesa, nos Jogos Escolares 2018, promovidos pela Secretaria de Educação e Desporto (SEED) finalmente vão receber o pagamento pelos seviços prestados. O anúncio foi feito pelo governador Antônio Denarium (Progressistas) na manhã desta segunda-feira (24 de janeiro). 

O montante devido aos árbitros é de R$ 66.825,00. A dívida corresponde ao período da fase final da competição, que não foi paga pela gestão passada.

Esses profissionais de arbitragem foram contratados na gestão da então governadora Suely Campos para atuar nos jogos escolares de 2018, mas nunca receberam o pagamento pelo serviço prestado.  

Ao assumir o governo, Denarium transformou o processo em reconhecimento de dívida e, após a tramitação nos órgãos de controle e disponibilidade de recursos, o chefe do Executivo autorizou o repasse.

O diretor do Instituto de Desporto de Roraima (IDR), Dinaildo Barreto, ressaltou a importância do pagamento, uma vez que a atual gestão assumiu uma dívida da gestão anterior. Ele também frisou que o fato de os árbitros esperarem por muito tempo para receber seus ganhos, não se repetiu na atual gestão.

“Foi um compromisso que a gente tomou quando assumimos à frente da direção do instituto: que pudesse cumprir com essa dívida, pudesse pagar ela. É de suma importância pagar os serviços que foram prestados e regularizar para poder trabalhar. Então quando esses profissionais prestarem um serviço, eles vão receber de imediato”, concluiu.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias