Sexta, 28 de Janeiro de 2022
26°

Alguma nebulosidade

Boa Vista - RR

Cidades RELATÓRIO FINAL

CPI da Saúde será encerrada na próxima semana, anuncia deputado Coronel Chagas

Relatório, com 445 páginas, vai ser apresentado aos membros da comissão; se aprovado, segue para Mesa Diretora.

02/12/2021 às 13h19 Atualizada em 02/12/2021 às 13h29
Por: Redação Fonte: SupCom ALE-RR
Compartilhe:
Deputado Coronel Chagas, presidente da CPI da Saúde, durante pronunciamento na sessão desta quinta-feira, 2 .
Deputado Coronel Chagas, presidente da CPI da Saúde, durante pronunciamento na sessão desta quinta-feira, 2 .

O deputado e presidente da CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) da Saúde da Assembleia Legislativa de Roraima, Coronel Chagas (PRTB), anunciou na sessão desta quinta (2) que na segunda-feira (6), às 9h, será apresentado o relatório final elaborado pelo relator, deputado Jorge Everton (sem partido).  

“São 445 páginas de relatório e mais de 60 pessoas propostas ao indiciamento”, resumiu Chagas. A CPI da Saúde foi criada em 2019 para apurar irregularidades de contratos firmados com a Sesau (Secretaria Estadual de Saúde), desde 2015 e durante a pandemia do novo coronavírus. Integram ainda a comissão os deputados Nilton Sindpol (Patri), vice-presidente, Lenir Rodrigues (Cidadania), Éder Lourinho (PTC), Renato Silva (Pros) e Evangelista Siqueira (PT). 

“São dois anos e dois meses de trabalho. Foram 87 reuniões, 98 pessoas ouvidas, mais de 100 volumes de cópias de contratos”, esclareceu Chagas. Ainda na tribuna, o deputado ressaltou que, mesmo na pandemia, os trabalhos não pararam com reuniões e diligências. “Alguém poderia dizer que dois anos é muito tempo, mas vemos que policiais, quando se debruçam em um contrato, demoram dois ou três anos de investigação”.  

Sobre a quebra de sigilos bancário e fiscal de contratos, Coronel Chagas afirmou que esta foi a primeira vez que uma CPI de Assembleia Legislativa conquistou fato semelhante no país. “Tivemos que acionar o Supremo Tribunal Federal para garantir essa competência”. 

Por fim, o parlamentar convidou todos os interessados a acompanhar a leitura do relatório que será transmitida pela TV Assembleia (57.3) e redes sociais da Assembleia Legislativa (@assembleiarr).  

“O relator elaborou um relatório técnico, bem robusto, que não deixa dúvidas sobre os indiciamentos que sugere”. Aprovado em comissão, o documento será entregue à Mesa Diretora para votação em plenário. Com parecer favorável, será encaminhado aos órgãos necessários para conhecimento.  

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias