Domingo, 05 de Dezembro de 2021
25°

Alguma nebulosidade

Boa Vista - RR

Polícia COMBATE AO CRIME

Polícia Federal desarticula organização criminosos de contrabando de ouro

Há indícios da importação proibida de mais de 100 kg de ouro venezuelano, além da dissimulação da origem de mais de R$ 32.000.000,00

15/10/2021 às 06h39 Atualizada em 15/10/2021 às 06h44
Por: Luiz Valério Fonte: Polícia Federal
Compartilhe:
Desmonta esquema de extração e venda ilegal de ouro vindo da Venezuela e terras indígenas
Desmonta esquema de extração e venda ilegal de ouro vindo da Venezuela e terras indígenas

A Polícia Federal deflagrou nesta sexta-feira (15 de outubro) uma operação para desarticular uma organização criminosa que seria responsável pela movimentação ilícita de ouro proveniente de terras indígenas e da Venezuela.

Mais de 70 policiais federais cumprem 40 mandado, sendo quatro mandados de prisão preventiva, 14 de busca e apreensão, seis de condução coercitiva para monitoramento eletrônico e 16 de sequestro de bens.

As investigações tiveram início em abril de 2019, quando um veículo que apresentava registro de roubo foi abordado por Policiais Militares em Pacaraima na fronteira do Brasil com a Venezuela./

O inquérito policial indica que a organização também exportaria irregularmente volumosas quantidades de produtos alimentícios para o país vizinho, com suspeitas de que o pagamento seria feito em ouro, de forma que este seria internalizado clandestinamente no Brasil. Para dar a aparência de legalidade aos valores provenientes dos crimes o grupo faria uso de empresas localizadas em Roraima.

Há indícios da importação proibida de mais de 100 kg de ouro venezuelano, além da dissimulação da origem de mais de R$ 32.000.000,00.

Os alvos são suspeitos, principalmente, dos crimes de Organização Criminosa, Contrabando, Descaminho, Sonegação Tributária e Lavagem de dinheiro.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias