Segunda, 25 de Outubro de 2021
28°

Muitas nuvens

Boa Vista - RR

Cultura CULTURA EM RORAIMA

Serginho Barros, a face clássica da música por de Roraima

O mais que talentoso cantor e compositor Serginho Barros é personagem do sexto episódio da segunda temporada do Macuxicast - o podcast de cultura da Amazônia.

20/08/2021 às 17h22 Atualizada em 20/08/2021 às 17h29
Por: Luiz Valério Fonte: Macuxicast
Compartilhe:
Arte por Luiz Valério. Fotos: Arquivo pessoal
Arte por Luiz Valério. Fotos: Arquivo pessoal

Roraima, assim como o Brasil, é um verdadeiro caldeirão cultural efervescente. Estado mais setentrional do País, este pedaço extremo do território nacional é recheado dos melhores talentos artísticos em todas as vertentes culturais. Um desses talentos é o cantor Serginho Barros, um cearense com jeito de mineiro, cara de nortista e dono de uma pegada musical puxada para o clássico, mas com uma visível herança da música nordestina, com pitadas da influencia da sonoridade caribenha, tão presente aqui na Ilha das Guianas - onde fica encravado o Estado de Roraima. Serginho é, por assim dizer, a face clássica da música pop roraimense. 

O cantor roraimense é personagem do sexto episódio da segunda temporada do Macuxicast - o podcast de cultura da Amazônia. Serginho Barros lançou recentemente seu terceiro álbum, marco dos seus 35 anos de carreira como músico e compositor. A nova obra de Serginho traz 12 composições autorais e parcerias com poetas e letristas das regiões Norte e Nordeste do Brasil, como: Eliakin Rufino, Zeca Preto, Neuber Uchôa, Elias Venâncio e Cacá Farias. O álbum foi gravado em Fortaleza (CE), no estúdio Star Music, com produção musical de Savio Dieb e Renato Campos. 

Numa demonstração da versatilidade do músico roraimense, o ábum traz ritmos como samba, xote, bossa-nova, boi-bumbá, baião, balada, calypso, pop e canção. O Nova Estação conta com participação especial dos músicos cearenses Mimi Rocha (guitarra), Stenio Gonçalves (guitarra), Antônio Luziarley/Lulu (guitarra e violão aço), Thiago Rocha (saxofone), Alex Trompete (trompete), Isaias Alexandre (trombone), e dos produtores Sávio Dieb (teclado, acordeon e bateria), e Renato Campos (contrabaixo) e da cantora Euterpe na canção Cunhã Pucá.

Natural de Fortaleza (CE), Serginho barros é músico, cantor, compositor, professor de música e produtor cultural. Artista de talento invejável, ele tem dois CDs lançados com suas composições: Tudo pode ser (2004) e Precioso bem (2012). O cearense roraimado reside em Boa Vista (RR) desde 1990 onde vem desenvolvendo suas múltiplas habilidades nos campos da arte e da cultura. Nova Estação, lançado no dia 23 de julho de 2021, está disponível nas principais plataformas digitais.

Aperta o play e confere a entrevista do sexto episódio do Macuxicast com o cantor Serginho Barros, onde ele fala sobre a sua trajetória, o seu processo criativo e das suas parcerias musicais.

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias